• Agnaldo Castro

Skinbooster é o tratamento da vez para hidratar a sua pele!

Quando falamos em Botox, todo mundo sabe o que é ou pelo menos imagina quais serão os resultados. O que muita gente não sabe é que existem outros procedimentos para rejuvenescimento da pele, talvez não tão conhecidos. O objetivo não deixa de ser o mesmo: ajudar a preservar a qualidade da pele, para mantê-la macia e hidratada. Assim, seu rosto vai continuar apresentando uma aparência descansada. Você, por exemplo, já ouviu falar do skinbooster?


Esta técnica é realizada através da injeção sob a pele de um tipo de ácido hialurônico mais fino e leve, que chamamos de “não reticulado”. Ao atrair água, esta substância é capaz de recuperar o equilíbrio hídrico cutâneo, deixando a pele com mais viço, brilho e melhor qualidade. Por isso, o procedimento se traduz como uma verdadeira “hidratação injetável”.


Tudo isso é preciso porque conforme envelhecemos, a produção de ácido hialurônico diminui gradativamente, levando o paciente a apresentar uma pele mais desidratada.



Pele hidratada de forma saudável


Após a utilização de anestésico tópico (aquele em creme que é passado na pele pouco tempo antes do procedimento), o skinbooster é injetado sob a pele com agulhas de fino calibre, o que faz a dor ser bastante tolerável. A hidratação promovida com este tratamento, ao recuperar o equilíbrio hídrico, otimiza a atividade celular local. A reposição e o bom funcionamento de vitaminas e minerais associados ao procedimento reduzem a atividade de radicais livres, o que contribui para postergar o envelhecimento e manter a pele jovem e saudável.


A duração do skinbooster é estimada em 6 a 9 meses. Diferente dos cremes utilizados no skincare, neste procedimento o ácido hialurônico penetra mais profundamente na pele, tendo assim um poder de hidratação maior. Mas atenção: não é por isso que você deixará de ter a sua rotina diária e cuidar da pele, ok? Os tratamentos são complementares, e não excludentes!

O ácido hialurônico já é presente no nosso corpo. O que usamos nos procedimentos minimamente invasivos é feito em laboratório, mas é biocompatível (ou seja, não é reconhecido como algo estranho ao nosso organismo). A alta concentração de ácido hialurônico na pele permite que uma maior quantidade de água seja atraída para ela, por isso é importante repormos a perda desta substância tão importante ao longo dos anos.


Além da questão da hidratação, podemos melhorar também rugas estáticas finas (aquelas que não somem mais após a aplicação da toxina botulínica), código de barras nos lábios e até mesmo linhas do pescoço ou colo com a hidratação injetável. No entanto, para reposição do volume facial perdido com o envelhecimento e sustentação da face, o indicado é utilizar um ácido hialurônico mais denso e reticulado, e não o skinbooster.


E então, o que achou deste procedimento? Estou esperando você para conversarmos mais a respeito e fazermos uma avaliação, ok? Assim, poderei avaliar a melhor indicação para o seu caso.

 

Dr. Agnaldo Castro | Cirurgião Plástico

CRM 164631 | RQE 79273


Posts recentes

Ver tudo